quarta-feira, 29 de julho de 2015

APRENDER

APRENDER

Temos de perder para dar valor
- Temos de chorar para aprender a amar
Confiar para entregar-se ao amor
- Temos de ouvir para não gritar
Todos nós iremos sofrer um dia.
- Talvez para saber o sentido da verdadeira felicidade
Temos medo e deixamos de lutar pelo que queremos
- Temos receio de ouvir um não
Afinal errar é humano e perdoar faz bem
- Viva mais, ame mais e perdoe mais
Pois nada é para sempre
- Não desperdice toda a sua vida.


Isabel Morais Ribeiro Fonseca

terça-feira, 14 de julho de 2015

FRASE-MÃE


Ser mãe é amar alguém incondicionalmente
Assumir de Deus o dom da doação
- (...) - é ter a dádiva do dar
É ter uma missão que dói a vida inteira.
 
Isabel Morais Ribeiro Fonseca


segunda-feira, 6 de julho de 2015

AROMA FORTE

AROMA FORTE

Escuta-me em silêncio, ouve o meu silêncio
Entre o molho holandês refeito pela segunda vez
Palavras ditas, silenciosas no olhar de altos e baixos
De embalados morangos doces do nosso Alentejo
Chá fresco ou quente com hortelã pimenta, no quarto
Fogo de pensamentos entre paixões e desejos nossos
Amante amoroso, sentinela dos teus, dos meus sonhos
Cúmplice na alma, canela posta no arroz doce ou aletria
Quente corpo nu, cantos sonolentos que gritam a raiva
Sonhos trancados, açúcar queimado no doce leite creme
Perdida paisagem no deserto de agitação estéril de ilusões
Doce de abóbora com requeijão, leva à loucura qualquer paixão
Noite de poucas palavras no sentir como um amor infinito
Escuta-me em silêncio, ouve-me em silêncio ao vento
Na imaginação das lembranças maravilhosas perfumadas
De rosmanhinho na abnegação de não conseguir suprimir
A curta distância de um delírio no aroma forte de gengibre.
 
Isabel Morais Ribeiro Fonseca